quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

ELEIÇÕES NA CGADB: UMA ASSEMBLEIA DE DEUS DA PROSPERIDADE E GEDOZISTA?


Pr. José Wellington e Pr. Samuel Câmara disputam a Presidência das Assembleias de Deus.
As Assembleias de Deus acabam de completar seu primeiro centenário no Brasil. Contrariando todos os prognósticos de que depois de 50 anos as igrejas declinam, as Assembleias de Deus cresceram mais e chegam ao início do segundo centenário como uma potência inimaginável pelos seus precursores. Fez história, alastrou-se em nosso solo, cresceu em membresia e patrimônio, promoveu lideranças, e sofreu divisões, como toda igreja com tendência para ser grande.

Em abril próximo, se dará em Brasília, entre os dias 08 e 12, a 41a. AGO (Assembleia Geral Ordinária), onde os convencionais escolherão o próximo Presidente, a nova Mesa Diretora, e decidirão o futuro da maior denominação evangélica de nosso país. Como toda eleição que se preze democrática, temos duas vertentes: uma tradicional, conservadora, e outra com proposta de mudança. A situtação, presidida pelo Pr. José Wellington Bezerra da Costa, está há cerca de 20 anos na direção, enquanto a oposição, liderada pelo Pr. Samuel Câmara, traz um discurso de renovação. A chapa do Pr. José Wellington recebeu o nome de "Amigos do Presidente", enquanto a chapa encabeçada pelo Pr. Samuel foi denominada de "CGADB Para Todos". Existe ainda uma terceira candidatura que não comentaremos por falta de dados e por conta do grau de importância, posto que é de conhecimento de todos que a disputa acirrada se dará mesmo em dois polos. 

Se a atual Mesa Diretora representa, no discurso dos oposicionistas, o continuísmo, que de fato o é, o quadro que se anuncia na possibilidade de uma reviravolta é sombrio. Samuel Câmara é aliado de Silas Malafaia, que deixou a Convenção Geral das Assembleias de Deus, temporariamente, para cuidar da Igreja Assembleia de Deus da Penha, que teve seu nome mudado para Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Essa aliança anuncia uma aproximação com a famigerada teologia da prosperidade, hoje defendida abertamente pelo ex-convencional. Partidário da “teologia da semente”, que promete prosperidade para quem planta no solo fértil de sua denominação, o senhor Silas Malafaia trabalha nos bastidores para manter a campanha dos Câmaras à presidência da CGADB. Em outras palavras: a eleição da chapa opositora aponta para o retorno triunfal da família Malafaia ao poder da Assembleia de Deus, e pode retratar, dentro desse prisma, o fim de 100 anos de ortodoxia doutrinária. A associação com o pastor carioca faria a nova diretoria abrir as portas para a falaciosa teologia da prosperidade, pregada pelos neo-pentecostais, e mais: abriria as portas para personae non gratae como Morris Cerullo com suas heresias da Bíblia de Batalha Espiritual e Financeira e Mike Murdock com suas asneiras sobre negociar com Deus.

Outra aliança confirmada, que causaria danos à história e doutrina assembleianas, é a aproximação dos Câmaras com o G12 (Grupo dos Doze ou Movimento dos 12), rebatizado de GAL e CEC no estado do Amazonas, que prega, entre outras coisas, unção poderosa, mistificação do número 12, regressão espiritual, quebra de maldição e ruptura com o sistema em voga, principalmente com as EBD's (Escolas Bíblicas Dominicais). Jônatas Câmara, pastor da Assembleia de Deus em Manaus, e irmão do candidato da chapa “CGADB Para Todos”, tem, como é do conhecimento de todos, envolvimento com o G12 e foi o responsável direto pela entrada das heresias desse movimento na denominação centenária, através de sua igreja em Manaus. Essa associação abriria espaço para o avanço das falsas doutrinas e introdução do misticismo de Cesar Castellano, do apostolicismo de Rene Terra Nova e do sabatismo judaizante de Valnice Milhomens, entre outros heresiarcas.

Em suma, a candidatura do senhor Samuel Câmara, é uma ameaça à sã doutrina e representa uma perigosa e malfadada aliança com a teologia da prosperidade, através do retorno de Silas Malafaia, e um prejudicial  sincretismo gedozista, através de Silas e Jônatas Câmara, irmãos do candidato que leva o mesmo sobrenome. Pode representar ainda o fim de um século de trabalho doutrinário sério. Sabe-se nos bastidores que é intenção da oposição anistiar todos os que se rebelaram contra a Convenção Geral e desafiaram a soberania das assembleias. Os hereges de plantão, com seus livros sobre maldição hereditária, maldição no nome, confissão positiva e barganha com Deus, que apoiam aberta e amplamente o candidato nortista, com o fim de serem recompensados, teriam acesso à Casa e mudariam conceitos seculares da doutrina trazida por Daniel Berg e Gunnar Vingren, os pioneiros do evangelho pentecostal no Brasil. 

Imaginem uma Assembleia de Deus onde Cerullo e Murdock tenham livre acesso à Convenção Geral e aos nossos púlpitos!  Imaginem livros de Emílio Conde, Orlando S. Boyer, Eurico Bergsten, Alcebíades Pereira Vasconcelos, rodando no mesmo prelo desses senhores e dividindo o mesmo espaço na CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus), com a logomarca da Casa, nas livrarias evangélicas, nas revistas das EBD's! Teria um efeito negativo muito maior, catastrófico mesmo: seria o fim da unidade doutrinária preservada há décadas. Seria pior que o caso da Bíblia Dake, que logo foi tirada de circulação por denúncia de homens sérios na igreja. 

Todo continuísmo é ruim? O que garante que os “revolucionários” não incorrerão nos mesmos erros administrativos que ora apontam e condenam? O que seria pior: continuísmo simples ou ameaça à unidade doutrinária e ainda os desmandos que se vêem na forma desses senhores dirigirem os destinos de suas igrejas ou convenções? 

Deus nos guarde de tamanho mal contra a nossa gloriosa e centenária igreja.

Deus abençoe a todos.
Maranata. Ora Vem Senhor Jesus!

30 comentários:

Pastor Geremias Couto disse...

Prezado pastor Guedes:

Li a postagem. Como tenho buscado manter uma posição independente, teria muito a falar sobre o aparente conservadorismo da atual presidência da CGADB. Mas daria panos pra manga. Só posso dizer que é uma falácia.
Quanto ao pastor Samuel Câmara, o seu programa informa que pretende administrar com todos os presidentes de convenções regionais, que teriam acesso às reuniões da Mesa Diretora. Fala, também, em manter a identidade assembleiana. Será que, se eleito, teria coragem de jogar na lata do lixo o que prometeu?
Por fim, não acredito no retorno do pastor Silas Malafaia à CGADB. Posso até estar sendo ingênuo, mas que interesse ele teria de ter a liberdade prejudicada, visto que, como já anunciou várias vezes, o seu propósito é espalhar a ADVEC pelo Brasil todo. A sua volta não lhe seria benéfica, para os seus alvos, pois seria um ponto de tensa discórdia, sobretudo com a liderança nordestina, como ocorria na época em que Madureira fazia parte da CGADB.

Abraços!

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro pr. Guedes,

A paz amado!

Creio que as Igrejas Assembléias de Deus já se dividiram de uma forma visível e inconfudível, neste novo século.

A importância da internet, gerou recursos irreconciliáveis com as postagens e imagens que denunciam em uma rapidez fora do contrôle o máximo de HERESIAS provocadas pelas igrejas com o mesmo título.

Os interesses se confundem amargamente com os desafetos da boa conduta e do bom costume.

A liderança quase que perpetuada, pelo atual presidente, demonstra por si, o desgaste das lideranças, ora escolhoidas a dedos pelo suporte ao trono, ou por simples amizade ao continuísmo.

A bem da verdade, é necessário entender que a CGADB é uma instituição que não abraça com pleno entusiasmo a manutenção e a orientação às lideranças para que haja ao menos um pequeno propósito em se manter uma forma adequada aprfesentada aos líderes que não profesam, de fato, a mesma consitência bíblica.

Cada um define ao seu próprio interesse como proceder.

Haverá após esta eleição, certamente, o início da maior divisão das Assembléias de Deus.

Creio que procede de Deus, esta ruptura, que beneficiará a mostragem das que seguirão simplesmente a Palavra de Deus, e das que correrão aos seus próprios conceitos doutrinários, na sua maioria, com as HERESIAS tão difundidas a bel prazer.

Em mateus 5:14 lemos que: Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;

As que foram edificadas pelo Espírito Santo na observância da Santa Palavra serão visíveis e comprometidas em divulgar a verdade, sem compromisso com mamom, baal e os interesses políticos que tornou-se a chama inconfudível dos sacrifícios ao deus desta terra. Ou seja, o diabo.

Sigamos em frente com o propósito REAL de servir ao nosso Deus com entendimento e constância espiritual.

O Senhor seja contigo,

O menor.



Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Geremias, a paz do Senhor!

É sempre uma honra ter o amigo aqui. Sua isenção é perfeitamente compreensível e sua análise é muito importante.

Esse breve comentário já abre uma rica discussão sobre o assunto.

Na verdade, o anúncio do retorno do Pr. Silas está sendo pregado aos quatro ventos pelos correligionários do Pr. Samuel Câmara. Nem se trata de insinuação, mas de estratégia de campanha.

Não acredito que seu comentário seja ingênuo, pois sei de seus trâmites na cúpula da igreja ontem e hoje. Mas, a promessa é a presidência depois do mandato do Samuel. Quer mais liberdade que isso? Poder é o sonho de liberdade do Silas.

Como a ADVEC ganharia todo o Brasil? Como um braço da CGADB dentro da Convenção. Quanto à discórdia, meu pastor, o Amado está esquecendo que o Silas se alimenta de discórdia e afrontas: é aí que ele cresce e se fortalece. Sim, ele viria contra tudo e contra todos no nordeste.

Quanto ao Pr. Samuel jogar no lixo TUDO o que prometeu, também não acredito. Todavia, joga-se no lixo o que não se prometeu, o que os outros fizeram no passado. Ou será que o que o Jônatas Câmara prega no Amazonas é sã doutrina?

Não duvido da honestidade do Pr. Samuel, porém, já antevemos através do que está acontecendo em Manaus e em todo o Amazonas: G12 puro.

Bem, a minha análise pode ser tendenciosa e ingênua até, mas minha leitura é para o bem da sã doutrina e unidade da igreja.

Abraço.
No Amor de Cristo!

Amém, amém, amém!!!!!

Pastor Geremias Couto disse...

Meu caro pastor Guedes:

Esse tríplice amém aí tem copyright, rsrsrs.

Acho válida a discussão e, por favor, não quis considerar a sua postagem ingênua. Ela abre a possibilidade do debate, o que considero salutar neste momento pré-eleitoral.

Sempre fui contrário ao G12, quanto às suas distorções doutrinárias e ao esquema cabalístico que adota, como se verdade de Deus fosse, embora reconheça o valor dos chamados "pequenos grupos" como meio de comunhão e evangelização. Nessa posição permaneço até hoje. Mas temos de convir tratar-se de uma "onda" que perdeu força.

Quanto à onda "neopentecostalizante", ela grassa dos dois lados, haja vista os Gideões, vitrine para esse tipo de pregadores e que contou, na eleição passada, com a presença do pastor José Wellington como pregador e, mais recentemente, com a presença do pastor José Wellington Junior, também como pregador. Foi o aval oficial que faltava.

Não faz muito tempo, o pastor Marco Feliciano, após infrutíferas tentativas de filiar-se à COMADESPE, foi recebido de volta à CONFRADESPE (Convenção do Belenzinho), quando todos sabemos a linha que ele adota.

Ainda na eleição anterior, aquele pastor das galinhas que falam em línguas e o galo profetiza gravou um vídeo em que o presidente da CGADB, pastor José Wellington Bezerra da Costa, emprestou o seu apoio à experiência, para ficar apenas nesse ponto. Com isso, "liberou geral".

Acredito, sim, que muitos apoiantes do pastor Samuel Câmara possam estar dizendo isso. Já ouvi, também, as coisas mais estranhas de apoiantes do pastor José Wellington.

Mas voltando ao programa do pastor Samuel Câmara, lá está claro: "Voltar à alternância e rotatividade de presidentes da CGADB, mantendo fielmente a história, o zelo espiritual,
a doutrina bíblica e a identidade denominacional é o nosso compromisso maior. Não existe uma proposta de maior alcance que a alternância de presidente. Para tanto propomos que o Art 37, parágrafo único torne-se cláusula pétrea e tenha a seguinte redação:
'O integrante de qualquer cargo da mesa diretora só poderá ser reeleito para um único mandato subsequente'. Só assim, voltaremos a ter presidentes de cada região".

É esperar para ver.

Abraços!

Anônimo disse...

A paz de Cristo. E verdade que o pastor estar falando! G-12 e patente em Manaus, essa aliança heterodoxo com o suposto apóstolo Rêne e seus desvios doutrinario e judaismo. Os usos e custumes esta divido e muito entre os assembleianos que querem uma reforma, mas não caindo de cabeça no mundanismo e heresias e sim focando à sã doutrina . Se o Pr. Samuel ganhar vai ter mais divisão e que já estar acontecento em Manaus, eu sei o que eu estou falando moro em Manaus , no caso da escola dominica e diferente como também em Belém. Não existe unidade doutrinaria, uma coisa eu sei que e as porta do inferno não prevalecerão contra sua igreja!a heterodoxo com o suposto ap

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Geremias,

Fique tranquilo quanto à "patente" do Amém, amém, amém!" rsrsrs

Reconheço que existe sim essa via de mão dupla e que isso é efeito de um pentecostalismo descuidado, faltando-nos pastores-mestres, educadores, apologistas e sobrando "missiorilhos" (mistura de missionário com andarilho). Também isso é uma ameaça à unidade doutrinária na nossa Assembleia de Deus, pois se as liturgias divergem nesse ou naquele ponto, as pregações são um verdadeiro mar sincrético com uns declarando e outros determinando e outros ainda decretando, amarrando e soltando...

Quanto ao G12 perdeu força, mas ainda está aí. O que dizer do Diante do Trono e dos Valadões, cujas músicas estão na boca de todo nosso povo. Até o Voz da Verdade encontra eco em nossas igrejas!

Quanto ao programa do Pr. Samuel Câmara, não tenho dúvida que é bom. Tenho-o como um visionário e acredito nas propostas, porém, o que me assusta são seus aliados, hoje fora da CGADB, e os perigos que eles oferecem à ortodoxia. Ortodoxia essa que sei o Amado preza com vigor.

É esperar para ver.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Anônimo disse...

Caro Pr. Guedes....

Li o seu post e fiquei triste em ver o quanto o senhor descohece os fatos que escreve. Nem li o tudo o que o pr. Geremias respndeu, mas a parte que fala impossibilidade do Silas Malafaia retornar a CGADB, sim eu li e concordo plenamente. Agora passo a refutar em simples palavras algumas coisas que o irmao escreveu:

1)o senhor disse que a vitória de Samuel é uma ameaça pq ele levaria a Igreja a famigerada Teologia da prosperidade...
resposta: olha meu amado, visite Belém do Pará, a igreja que o pr. Samuel preside e veja vc mesmmo, a ortodoxia doutrinária da Igreja de Belém do Pará. Aquela igreja ainda é um exemplo para todas no Brasil e olha que ela é presidida pelo pr. Samuel desde 1997... Logo, conclui-se que o sua visão sobre esse caso é prejudicada. Visite tbm a Igreja de S.José dos Campos e comprove que lá tbm não existe prática de Teologia da Prosperidade. O fato de o pr. Samuel ser amigo de Silas não significa que ele apoie a doutrina da prosperidade. Isso já foi provado pelos 2 fatos acima.

Quanto ao G-12: Tbm não existe prática de G-12 nas Igrejas que o pr. Samuel lidera. Ele nunca foi G-12. Basta vc visitar a Igreja em Belém do Pará e comprovar.

Tbm não existe motivos para o Silas retornar a CGADB, e isso o pr. Geremias explicou muito bem, não preciso dizer mais nada sobre isso.

E só para constar: o senhor falou muita coisa inverídica sobre a Igreja do pr. Jonathas Câmara, ok? procure se informar melhor, Pergunte a ele que ele lhe responderá.

Agora quanto ao swenhor José Welligton e os atos de má fé que ele vem fazendo a quase 25 anos para se manter no poder, os cheques sem fundos, o caso Dake. e recentemente a tirania dele em querer acabar com a democracia na CGADB... Sim ele quer acabar com a eleição na CGADB poois se ele conseguisse seu intento, que é excluir o pr. Samuel da mesma, Adeus eleição na CGADB.

Pq ai nenhum pastor no Brasil teria coragem de enfrentar o pr. José Welligton.

Pense: pq os presidnetes de Convenção não se candidatam a presidencia da instituição hein? Pense profundamente nisso e chegará a conclusão que todos tem medo da fúria de JW. Sei muito bem do que estou flando pois convivi com ele no Belenzinho. JW é um ditador! Passa o trato em qqualquer pastor que queria ser candidato a presidente. Isso é fato.

Ele quer transformar a CGADB em um papado hereditário. Não podemos aceitar isso.

Pr. Aderaldo

Anônimo disse...

A paz do Senhor Pr. Guedes. É verdade, eu moro em Manaus, assembleia de Deus esta no G-12 com parceria ou aliança da morte com suposto apóstolo Renê Terra Nova e suas heresias e os seus custumes judaicos. Os usos e custumes não se falam mais, quanto mais à sã doutrina... A qui em Manaus alição da escola bíblica dominical e difente como a contence também em Belém. Onde está unidade doutrinaria das assembleia de Deus? A divisão não vai a contecer já a conteceu no nosso meio. Eu espero que o Pr. Samuel mude ou volte rápido a pregar com veracidade a Palavra de Deus sem a mistura do G-12!!! Amém!

Pastor Geremias Couto disse...

Meu caro pastor Guedes:

Não tome este meu comentário com tréplica, mas apenas como complemento. Eu diria que os mestres, educadores e ensinadores os temos, talvez não com a abundância necessária.

O grande desafio está no fato em que muitos de nossos líderes preferem abrir as portas para os "missiorilhos" por estarem atrás de movimento, do brilho fácil das reuniões esfuziantes e não dos fundamentos.

Precisamos, na verdade, de uma reevangelização dentro da igreja.

Abraços!

Pr. Levi Costa disse...

Caro pr. Guedes, a paz do Senhor,
Gostei muito deste seu comentários acerca das eleições na CGADB. Sou de origem assembleiana (Pais/avós), e lamento o rumo que a denominação tem tomado e o pior que pode estar por vir. Mas, dentro do argumento no post em questão, eu estou de pleno acordo co0m o senhor. Peço sua permissão para reproduzi-lo em nosso blog. Abraço.

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Aderaldo, a Paz do Senhor!

Agradeço por sua visita e comentário.

Em primeiro lugar não falei sobre o Pr. Samuel em si ser uma ameaça, mas as alianças que el fez e faz com pessoas que não guardam mais a nossa doutrina: Silas Malafaia e Jônatas Câmara.

Segundo, o Amado pode realmente defender a igreja de Belém e de São José dos Campos com propriedade, pois não duvido que o Pr. Samuel não guarde a sã doutrina. E não fiz nenhuma relação direta da pessoa dele ou igreja dele com o G12. Fiz referência a Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo e seu pastor, que defende abertamente a teologia da prosperidade, e referi-me também à igreja de Manaus, sob a a liderança do Pr. Jônatas Câmara, que seguiu as "estratégias de crescimento" do Movimento ou Grupo do 12 e o rebatizou para não parecer ser o que é.

Quanto a essa última igreja e seu pastor, é só dar uma olhadinha no comentário posterior ao seu. Essa pessoa mora em Manaus.

Quanto ao Pr. José Wellington, também convivi com ele em São Paulo durante 24 anos. Nada a declarar contra a pessoa do pastor ou sua honra. Na parte administrativa da Convenção Geral admito que algumas coisas deixaram a desejar. Até mesmo porque o tesoureiro dos cheques sem fundos daquela época, agora está com a chapa do Pr. Samuel. O senhor não acha estranho?! Eu acho.

Forte Abraço. No mais, aqui discutimos ideias e respeitamos o ponto de vista do outro.

No Amor de Cristo!

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Geremias, a Paz!

Concordo como Amado.

Educadores até temos, mas não valorizados. Escrevi sobre isso em outras postagens. O espaço nas igrejas está sendo tomado pelos "profetas" de plantão, que ignoram a beleza da doutrina cristocêntrica e cristológica, tornando o povo cada vez mais ignorante.

Culpa dos líderes que os convidam para "abrilhantarem" as festas.

Abraço.

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Newton Carpenteiro,

A Paz do Senhor!

Que alegria ser comentário. Suas palavras cortam fundo e abre uma discussão ainda maior, posto que é fruto de uma fala profética: a divisão já começou mesmo antes da Convenção.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo.

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Levi Costa,

A Paz do Senhor!

Obrigado pelas palavras de carinho e incentivo.

Pode copiar e reverberar em seu blog ou site. Fique a vontade.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Anônimo disse...

Uso o anonimato por medo. Estou tremendo! Os cheques sem fundo são uma história muito feia! Não toque nisso! O novelo vai longe! Se isso estourar, vai sobrar muito pro presidente!!!

Natan disse...

"enquanto Uzias buscou ao Senhor, Deus o fez prosperar" II Crônicas 26.5

Anônimo disse...

Por medo, fiz um comentário anônimo. O senhor não vai publicar, como o aí de cima?

William Pessoa disse...

Meu amigo, Pr. Guedes, Graça e Paz!

Saudades dos tempos de Setor 18, 03, enfim, de suas mensagens.

Em relação ao seu post, o parabenizo pela sua maneira de expressar. Venho pegar uma carona em seu post e expor meu simplório pensar sobre o assunto.

Sou contra o continuismo do atual presidente, mas infelizmente, o seu concorrente à altura, desde a sua participação em Maceió, na UMADENE, deixou claro que, sob tensão, não é o cordeirinho e coitado que todos assim o pensam, até confesso que, nutria certa admiração por suas idéias e tal, mas o ser humano é complexo, rsrsrsrs.

Para os modernistas de plantão, pois bem, creio que a igreja tem sofrido de forma crescente uma "modernização" que em alguns lugares ainda é resistível esta "modernização" por vários fatores, mas ao que vemos, pela maioria dos diálogos apregoados pelos simpatizantes desta ala "modernista", mesmo que seja considerada uma minoria deles, mas são ecoados, não podemos desprezá-los, que é preciso inovar e a maioria dos que o assim o seguem e também o pensam, querem romper de forma drástica em vários fatores tanto teológicos quanto de outras ordens, deixando bem claro, que não me prendo aqui a usos e costumes, pois estes entendo que, são regionais, mutáveis e temporais, visão minha.

Pois bem, ao deduzirmos que toda mudança gera desconforto, imaginemos as mudanças apregoadas abertamente, levaria a uma disparidade na relação líder/liderado, causando assim um desgaste incalculável dentro da instituição, qual se encontra hoje já em certa desarmonia, qual lutamos pra mantermos a harmonia entre os convencionais.

Embora deixe claro que tenho minhas ressalvas também quanto a maneira de liderar do atual presidente,do seu "conservadorismo", de algumas de suas táticas de verdadeiro déspota, inclusive apoiando a alguns a formarem novas convenções, quando na realidade deveria sim lutar pela harmonização do sistema, não sua divisão, tudo isto dentre outros vários motivos, inclusive por suas reeleições, que mesmo sendo legais e permissíveis, onde se o fosse verdadeiramente coerente, abriria mão desta reeleição ou mesmo de outras passadas, em momento tempestivo e indicado outrem como sucessor ou mesmo declarar o seu apoio, dando esta tão ALMEJADA ALTERNÂNCIA requerida por TODOS os CONVENCIONAIS, até pelos seus correligionários que o seguem de olhos fechados.

Pois bem, é meu pensar, tentei resumir...

Abraços.

Anderson Nunes Vieira disse...

Olá Caro Pr. Guedes. A Paz do Senhor.

Acompanho a muito tempo o seu Blog, e gosto muito das mensagens aqui postadas. Gostaria de deixar meu humilde comentário, na realidade não seria um comentário e sim digamos um protesto com certas coisas que acontecem na nossa centenária denominação. Todos a de convir que o monopólio não faz bem para ninguém e em se tratando de política, ainda mais na igreja, isso fica muito mais grave. Não podemos ser, perdão da palavra, hipócritas em dizer que não existe um certo monopólio do atual Senhor Presidente Pastor José Wellington Bezerra da Costa. Por outro lado, também não podemos tampar o sol com a peneira e dizer que o Pastor Samuel Câmara é o pastor ideal para presidir a CGAD, pois os melhores "circulos" de amizades, como dizem os jovens (queima o filme dele).

A questão das heresias atuais como: a pós modernidade, G12, a confissão positiva, o triunfalismo, louvores antropocêntricos, teologia da prosperidade, neopentecostalismo e muitas outras infelizmente vai entrar de qualquer forma na igreja, seja como presidente o Pr. José W. B. Costa ou Pr. Samuel Câmara. Sabe por quê? Porque a própria Assembléia de Deus se encontra acomodada.

Como bem disse o Pastor Guedes precisamos urgentemente de apologistas nas igrejas.

Atualmente um dos melhores apologista que conheço (apesar dele não se considerar apologista) é o Pastor Ciro Sanches Zibordi. Seus livros abençoados me esclareceram muita coisa. Mas pastores como ele estão sendo calados em muitos lugares.

Por exemplo, aqui onde eu moro o Pastor Ciro Sanches Zibordi é visto como "persona non grata" por muitos crentes, por quê? porque ele tentou abrir os olhos de alguns irmãos que estavam seguindo certos modismos de um pastor que foi aqui mencionado que teve uma visão que uma galinha profetizava e falava em mistérios e o galo interpretava. Como esse pastor tem o "dom" de Deus na área da cura, e seu ministério é pregar milagres, muitos irmãos não entenderam a mensagem apologética do Pastor Ciro. Hoje o "pastor das galinhas ou 7 câncer" como ficou conhecido, rompeu com a CGAD e utiliza-se do nome Assembléia de Deus, mas agora Ministério Milagres. Culpa sabe de quem? da Escola Bíblica Dominical.

Infelizmente até nossas lições da EBD estão perdendo seu poder apologético. Logicamente que se tratando da Palavra de Deus, todo o estudo é válido e proveitoso, porém num tempo de tantas heresias e pós modernidade ficarmos estudando lições sobre Elias e Elizeu (coisas que os crentes estão carecas de saber)? parece infantilidade e omissão com os assuntos de defesa da fé cristã.

Ano passado tivemos uma ótima lição sobre " A Verdadeira Prosperidade", essa sim foi ótima e muitos crentes ficaram esclarecidos do que seria a tão famosa Teologia da Prosperidade. Isso é que tá faltando na nossa EBD (que é culpa da liderança) lições que venha de encontro com as heresias da pós modernidade. Quantas pessoas dentro de nossas igrejas (algumas membras a muito tempo) e são adeptas da teologia da prosperidade, do calvinismo, do unicismo, da confissão positiva sem saber? isso mesmo, sem saber, porque como os pastores de congregações não gostam de assuntos polêmicos (as vezes por falta de conhecimento ou para evitar polêmicas) e com uma EBD omissa nas questões apologéticas isso se torna natural no meio da membresia, crentes seguindo heresias sem saber.

Precisamos muito mais que uma eleição e renovação na CGAD, precisamos é de uma reciclagem da EBD. Porque é com a EBD que formamos crentes conscientes e capazes de manejar a Palavra de Deus, agora quando temos uma EBD que evita "assuntos polêmicos" teremos divisões com as novas modernidade e heresias.

Abraços. Fiquem na Paz do Senhor!

Pastor Guedes disse...

Caro Amigo William,

A Paz do Senhor!

Agradeço por sua participação e pelo seu importante comentário, respeitando sua sempre opinião sempre sóbria.

Forte Abraço.
Lembranças à família.

Pastor Guedes disse...

Caro Roberto, a Paz!

Não publiquei seu comentário por conta de sua deselegância. Penso que um ministro do evangelho deve ser equilibrado ao analisar fatos ou ideias.

Abraço.
No Amor de Cristo.

Pastor Guedes disse...

Caro Anderson Nunes,

A Paz do Senhor!

Sei que o Pr. José Wellington não é perfeito e nem a sua administração o foi. Nem por isso entendo que ele é o pior candidato. Sou a favor da continuidade em termos doutrinários e litúrgicos.

Quanto à administração e monopólio, ainda está em tempo de se ter uma reviravolta com o sem o chamado continuísmo. Isto é, a situação pode promover mudanças para que o discurso da oposição caia por terra e seus argumentos tornem-se inválidos.

Caso o Pr. Samuel Câmara vença não será um desastre, apenas quero frisar que suas alianças não são benéficas e os possíveis benefícios aos seus aliados seria um malefício à sã doutrina. Tem muita gente fazendo comentário e levando para o lado pessoal e partidário. Não é essa a minha intenção.

Concordo com o Amado quanto ao apologista Ciro Sanches, que é meu Amigo particular e por quem tenho admiração e respeito. Tenho que admitir, como o fiz no comentário do Pr. Geremias do Couto, que o esses nomes estão perdendo espaço para os espalhafatosos pregadores da "unção".

Também concordo que a EBD perdeu o foco apologético e isso devido às pressões mercadológicas, posto que se ela se tornar muito crítica, perde espaço e ganha a pecha de radical e fundamentalista. O resultado é uma EBD desprovida de ensinos mais profundos. Mesmo porque ultimamente adotaram uma prática que eu reprovo: escolhem um livro e lançam a revista ou o inverso, escolhe um autor escrevem a revista e lançam um livro. Mercado puro.

Bom te ver por aqui.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo.

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Concordo plenamente que se aprove um MANDATO para cada presidente e um presidente para cada MANDATO.

Creio que desta forma os covardes se remirão e os interessados oportunistas, serão estonteados sem saber a quem.

Sinto muito. Mas basta de meninices entre homens que, deveriam oferecer-se a Deus e não serem oferecidos.

A política carnal e interesseira, é demonstrada com vigor e poucos são os que se entregam a realidade. O poder político está chegando ao Trono de Deus como uma calúnia e uma carnificina com a igreja na falta de um NORTE visível, que não seja apenas o interesse e sentimento carnal. Sorry!

Meu Deus... onde estão os homens que sentem temor e tremor diante de ti?

O Senhor seja contigo,

O menor.

Anônimo disse...

Na realidade o pr. Ciro é um grande apologista qaundo lhe convém mas qdo não lhe convém, ele não é não.

Quem se lembra do escandalo Dake da CGadb/Cpad? onde a Cpad desobedeceu as ordens do Conselho de Doutrina?

Ai nesse caso o pr. Ciro preferiu ficar do lado da CPAD e defendeu esse ato expúrio da mesma. LamnetÁVEL.

Adonias Cardoso

Anônimo disse...

A paz do Senhor Pr. Guedes! O G-12 aqui em Manaus entrou no ano 1999. Pr. Samuel tem culpa de permitir essa suposta visão em Manaus, apoiando o seu irmão o Pr. Jônatas o que a conteceu? Divisão... Surgiu mais uma assembleia de Deus chamda Tradicional no Amazona. Infelizmente são os efeitos te querer ter o crecimento rápido ou mágico. Por falta de apologista( defensor do Evangelho) ou bons mestres na Palavra de Deus tem levado a igreja local a braçar erros doutrinario ou pior heresias que leva a pessoa para o inferno eterno(2 Pd 2.1). Nosso Pr. JW também tem culpa em ficar de braços cruzados, em ver todos esses disvios da sã doutrina(2 Tm 4.1-4). Saudade do nosso comentarista da EBD PR. Geremias. Nada da teologia da prosperidade, atos profetico, dança no espirito, maldição hereditária, levita, amarra e desamarra o Diabo, determina a sua benção, profetiza, cabeça e não calda(obs.: Dt 28.13 não se enterpretar o texto para a igreja mas para os judeus que serão cabeça para as nações no Milênio( mil anos literal apos a segunda vinda de Cristo retornando com sua igreja para reinar sobre terra durante mil anos. Não confudir com arrebatamemto da igreja que e outra coisa), triunfalismo, confissão positiva, cobiça, semente de R$ 1.000,00, mensagem de alta juda, falsa cura interior, a regressão psicológica, judaismo , culto aos anjos, mal uso do óleo, os sonhos de Deus(Refutação bíblica-Sl 120.4 Eis que não cochilará nem dormirá o guarda de Israel), e mais sonhos, bispas, apóstolas, pastoras e assim vai . Vamos da um basta!! Pregando a Palavra( 2 Tm 4.2).

Pr. Anselmo Melo disse...

A paz do Senhor meu irmão.
Criei um abaixo assinado solicitando a investigação do “senhor” Luiz Mott pelo Ministério Público Federal por crime de pedofilia.
Preciso de ajuda na assinatura bem como na divulgação da Petição Publica.
Este é o link para assinar: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2013N36699
Para divulgar basta enviar o mesmo link para seus contatos. A divulgação também pode ser feita usando as ferramentas disponíveis no próprio site “Petição Pública”.
Não podemos assistir tamanho absurdo de braços cruzados. Precisamos parar com a “choradeira” e agirmos. Conto com o irmão.
Caso deseje conhecer a figura objeto desta Petição Pública visite o link abaixo:
http://www.pranselmomelo.com.br/2013/02/luiz-mott-pedofilia-ja-enquanto-ainda.html
Um grande abraço.
Pr Anselmo Melo

PASTOR NONATO disse...

Não exercito em coisas grandes. Tu o sabes ó Deus.

Peço venia para esboçar algumas consideração. Solicito analisarem, antes de um juízo temerário.

CLAMAS EM ALTA VOZ E NÃO TE DETENHAS; LEVANTA A VOZ COM A TROMBETA; ANUNCIA A JACÓ O SEU PECADO E À CASA DE ISRAEL A SUA TRANSGRESSÃO. Isaías 58.1.

1º - Pela misericódia tenho 42 nessa amada igreja e posso falar com propriedade, pois conheci a antiga e atual Assembleia de Deus. Inclusive conheço a história de divisão fomentada em 1989 pelo maçõm de Madureira.

2ºTenho chorado muito por ver o rumo o qual nossa Bleia tem tomado nos ultimos anos, especialmente no que concerne: santidade de espírito, alma e corpo das irmãs (Vide 1ºTessa 5.23);liderança não mais é como antes. antigamente, nós pastores saíamos a campo para visitar, evangelizar, orar pelos enfermos e pregar A VERDADE nos ar livres SEM NOS PREOCUPARMOS EM MASSAGEARMAS EGOS. ESSA verdade nua a crua libertava, SANTIFICAVA, MOVIA AS ALMAS E CONVERTIA OS PECADORES. TINHAMOS PROFETAS E DOUTRINADORES... ERAMOS menores em quantidade, mas poderosos nos efeitos. Hje somos muitos, mas já quase naõ fazemos a diferença no meios das treva. PERDEMOS A SALINIDADE... E JÁ NÃO MAIS INCOMODAMOS AS TREVAs, porque muitos deixaram de ser a luz do mundo e tornaram-se o mundo da luz... TUDO por causa do poder...

Dia desse, enquanto ouvia o saudoso pastor JOSUE BARBOSA LIRA (A históra das Assembleias de Deus)Deus deu-me um hino intitulado: "Minha Assembleia de Deus, o que foi que aconteceu?"... Com 10 estrofes: Darei uma palinha: In verbis:

MINHA ASSEMBLEIA DE DEUS, O QUE FOI QUE ACONTECEU;
HOJE ESTÁS MUITO MUDADA, AFASTAR-TE DO TEU DEUS,
MISTURASTE COM O MUNDO, AGES COMO FARISEUS, VOLTA AO PRIMEIRO AMOR, MINHA ASSEMBLEIA DEUS

CORO
VOLTA AO PRIMEIRO AMOR, MINHA ASSEMBLEIA QUERIDA,
AFASTA-TE DOS REBELDES, ou PERDERÁ TUA VIDA,
DEUS É SANTO E ZELOSO,EXIGE A SEPARAÇÃO, NÃO MISTURA COM SO PRAFANOS, GURADA EM CRISTO OCORAÇÃO...

CREIO que Deus quer um líder que seja como Elias, um perturbador de Israel. Portanto, creio que o amado pr. José Weelington deve refletir de como tem gerido a nossa CGADB. dá uma mudada para melhor e permaencenco nos molde de Danil Berg e Gunnar Vingren. Pelo Samuel Camara, só oro.

Acessem meu blog e leia sobre o livro que estou escrevendo: http://pastornonatoramos.blogspot.com.

Maranata, ora vem Querido Senhor Jesus.

Cordialmente,

Pr. Nonato

Odaly disse...

Lamentável ler os comentários postados, mas, o pior, o mais triste, é saber que muitos pastores estão eivados, contaminados, viciados pelo poder, creio que não teria momento mais oportuno para Jesus sair chicoteando alguns pastores da Assembléia de Deus.
Pastores, não esqueçam: “Mas se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar.” Mateus 18:6

britto disse...

Querido Pr Guedes apaz do Senhor concord plenamente com o seus comentarios e quero dizer que so o Sr Samuél câmara ainda não acordou para refletir que os convencionais não aceita ele como LIDER da CGADB e creio que nen Deus o quér pela forma desonesta e desrreipeitosa como condus a canpanha ,infelismente e mais suja que a campanha de polícos , quando o anél e os diplomas ou pós graduações passam por cima da´ÉTICA eles cervem como bijuterias e lichos e so servem para ser queimados pois não valem nada diante do nosso poderoso Deus amado Pastor continue nessa sua posição e Deus ira te HORRAR cada ves mais Deus te abençoe

Dc. Luiz Cláudio disse...

A paz do Senhor, sou assembleiano, Dc. Da igreja, e o que tenho a dizer é que infelizmente,nós somos um gigante adormecido, somos corajosos para lutar contra o pecado, temos a nosso favor um Deus que nunca perdeu uma batalha, e se cumprirmos o Sl 133, seremos o povo feliz e mais forte da terra,pois um gigante é temido, respeitado,grande em força seu tamanho impressiona e dificilmente, alguém, ousaria desafiar tal gigante, mais como esse gigante está dormindo, não sabemos a força que temos e nem sabemos fazer uso dela, pois lutamos contra nós mesmos, usamos a força que temos para dividir o Reino,assim esse 'reino'não pode subsistir. A minha oração, é que a igreja do Senhor na terra, se una principalmente contra o pecado, pois enquanto estamos dormindo, o inimigo semeia o seu joio e a cada dia nos enfraquecemos ainda mais. que Deus em Cristo nos abençôe.