sábado, 14 de novembro de 2015

TRAGÉDIA ANUNCIADA NA FRANÇA



NÃO PRECISA SER UM ESPECIALISTA NA MATÉRIA OU UM CIENTISTA POLÍTICO PARA SABER QUE A "INVASÃO" ISLÂMICA DESMEDIDA NA EUROPA TRARIA CONSEQUÊNCIAS TRÁGICAS. AFINAL, PARA REALIZAR UM ATO COMO O DE ONTEM, ELES SÓ PRECISAM DE "OITO IRMÃOS" HOMENS BOMBAS.

O NÚMERO DE REFUGIADOS POR CONTA DA PERSEGUIÇÃO DO ESTADO ISLÂMICO SÓ AUMENTA EM TERRENO EUROPEU. ESTE BLOGUEIRO JÁ ADVERTIA EM POSTAGENS ANTERIORES PARA OS RISCOS DE SE RECEBER UMA MASSA DE GENTE SOB O PRETEXTO DE SOLIDARIEDADE. SIM, DEVEMOS SER SOLIDÁRIOS, REALIZAR GESTOS HUMANITÁRIOS, MAS QUANDO O ASSUNTO ENVOLVE QUALQUER RISCO À PAZ OU SOBERANIA DE UMA NAÇÃO, OS GOVERNOS DEVERIAM SER MAIS CRITERIOSOS.

NÃO É DE HOJE QUE OS FRANCESES SÃO O ALVO PREFERIDO DOS ATAQUES TERRORISTAS. ARRISCO-ME A DIZER QUE O TERRORISMO MUDOU O FOCO DA AMÉRICA, DESDE O FATÍDICO "11 DE SETEMBRO", PARA MIRAR A EUROPA E,  PRINCIPALMENTE, A FRANÇA. JÁ SÃO DOIS ATAQUES TERRORISTAS EM MENOS DE UM ANO (OU NO MESMO ANO). E ISSO TUDO EM NOME DA INTOLERÂNCIA ORA DOS FRANCESES COM OS MUÇULMANOS QUE VIVEM EM PARIS, ORA DOS FANÁTICOS RELIGIOSOS AINDA OFENDIDOS COM A CHARGE DO "CHARLIE HEBDO".

NÃO ACOLHER OS REFUGIADOS SERIA DESUMANO, OK? OK. MAS, O QUE DEFENDI  AQUI  EM OUTROS MOMENTOS É QUE O OCIDENTE DEVERIA DAR CONDIÇÕES AOS TURCOS E ÀS OUTRAS NAÇÕES VÍTIMAS DO ESTADO ISLÂMICO DE VIVEREM EM PAZ EM SEUS PAÍSES. ABRIR AS PORTAS, AS FRONTEIRAS, PARA ACOLHER REFUGIADOS SEM CRITÉRIO, POSSIBILITOU, SEM DUVIDA, A ENTRADA DOS AGENTES TERRORISTAS.

TERRORISMO NÃO! SOMOS TODOS CONTRA O TERRORISMO E SOLIDÁRIOS ÀS FAMÍLIAS DOS CERCA DE 128 MORTOS NESSA BARBÁRIE. MAS, ONDE ESTAVA A INTELIGÊNCIA FRANCESA QUE NÃO RASTREOU NENHUM SEQUER DOS SETE ATAQUES À CAPITAL FRANCESA?! E QUEM GARANTE QUE ESSES RADICAIS NÃO ESTÃO PREPARANDO AGORA ATAQUES EM TODA A EUROPA E EM TODA PARTE DO MUNDO?

OS PAÍSES DO OCIDENTE, SOB A ÉGIDE DA ONU, DEVERIAM TER DECIDIDO, DESDE O INÍCIO, COMBATER O ESTADO ISLÂMICO COM VIGOR QUANDO AINDA NÃO TINHA TANTO PODER BÉLICO COMO AGORA. INTERESSANTE QUE, SOMENTE AGORA, O PRESIDENTE DA FRANCA FRANCOIS HOLLANDE DECLARA GUERRA AO "EI" OU SENTE-SE AMEAÇADO?!

GOSTARIA DE ESTAR ENGANADO, MAS AS COISAS NÃO VÃO TERMINAR POR AÍ. A SAÍDA AINDA É COMBATER O MAL EM SUA ORIGEM E PERMITIR A ISLÂMICOS, CRISTÃOS, BUDISTAS E ATEUS A VIVEREM COM SEGURANÇA NOS PAÍSES QUE ESCOLHERAM COMO SEUS PARA MORAREM.

"QUANDO DISSEREM: 'HÁ PAZ E SEGURANÇA', ENTÃO LHES SOBREVIRÁ REPENTINA DESTRUIÇÃO"

MARANATA!!!