quarta-feira, 12 de setembro de 2012

CÓPIA DA CARTA QUE O BISPO McALISTER RECEBEU DA CCLI COM TABELA DE IMPOSTO ANUAL DE ACORDO COM O NÚMERO DE MEMBROS DA IGREJA




8 comentários:

Geser Dominicale disse...

Gostei do comentário de ontem do "Bispo Primaz" (nem sei o que é isso), mas diante da carta da CCLI não vi nada tão escandaloso assim. Se eu fosse autor de um hino de adoração, jamais cobraria direitos autorais para louvarem ao Senhor com ele, mas é respeitável o tom da carta. O que acho nefasto são os acordos políticos que líderes espirituais fazem com candidatos pífios e quase obrigam seus fiéis a votarem neles. Att.

Pastor Guedes disse...

Caro Geser, meu Amigo,

A Paz do Senhor!

A CCLI representa cantores e compositores que associados a ela cobram direitos autorais sobre hinos cantados em toda a parte, inclusive nas igrejas na hora do louvor.

O tom da carta é respeitoso, mas trata-se, ao meu ver, de mais um meio de se ganhar dinheiro com a música sacra, nada tendo de espírito de adorador. Claro que os desmandos no meio político-religioso é podre e não se compara a isso, porém, acho um absurdo que minha congregação para cantar um hino do Fernandinho tenha que pagar um imposto. Baixaria...

Já não basta o que ganham com Cds, ofertas e cachês em show?! Ora, se nem o governo tributa a igreja, essa associação se acha no direito de fazê-lo. Bem para mim, bastariam os hinos da harpa e os lindos hinos anônimos que temos.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Pr. Anselmo Melo disse...

Meu caro Geser.
O tom da carta não muda o conteúdo. Trata-se de uma aberração. Sou pastor de uma Igreja e jamais me sujeitaria a isso. Ainda que custasse um centavo. O que esta em desacordo aqui não é o tom ou o valor, e sim a natureza arbitraria da cobrança.
Já promovi eventos e paguei taxas ao igualmente famigerado ECAD, que, a pretexto de receber direitos autorais faz esse tipo de cobrança. Indaguei dos participantes (músicos) e todos informaram que nunca receberam um único centavo da tal instituição.
Você esta correto quanto ao envolvimento políticos de muitos líderes, mas um erro não pode servir de parâmetro para a justificativa de outro.
Se depender de mim eles nunca receberão um único centavo. É um verdadeiro abuso o que essa instituição vem promovendo. Classifico como hipocrisia a fala dos líderes e pastores que endossam tal cobrança.
A CCLI não passa de mais um sindicato como tantos outros no Brasil, gente que quer lucrar à custa da boa vontade dos outros.

Jean Moura disse...

Querido Pastor, Amigo e Padrinho Guedes

Também achei um absurdo, mais uma forma de ganhar dinheiro no meio evangélico, e algo inconsebível para os nossos padrões e nossa realidade atual, afinal, hoje em dia todo e qualquer artista mesmo no meio secular já entendeu que com o advento da internet e seus downloads, seu faturamento deixou de ser focado em vendagens de CDs ou DVDs para canalizar-se nos grandes shows e apresentações. Isto é fato, tenho alguns amigos que trabalham na área músical, vivem disto, e são unanimes em dizer que hoje se ganha dinheiro com shows e eventos, e o resto vira download. Exemplo disto é o fato de se tornar extremamente raro um programa televisivo mostrar algum artista ganhando um Disco de Ouro, de Planilha ou Diamante, por milhões de discos vendidos, coisa que era comum na década de 80.

Sinceramente não acredito que tal iniciativa da CCLI ganhe tamanha força a ponto de punir determinada igreja por não estar coligada a eles, (vale lembrar que em seu site eles dizem que não são um orgão fiscalizador), para mim trata-se de mais uma tentaiva de se aplicar um modismo americano, na nossa sociedade brasileira, que tem suas bases alicerçadas no bom, famoso e comum "jeitinho brasileiro".


Mas, ainda assim, consigo ver um lado bom nisto... quem sabe com essa medida, nossas lideranças, a partir do momento que se sintam atingidas, entendam (e não só entendam mas apliquem o conceito) que além de estruturarmos nossos membros na Palavra, e estimularmos a estudar, se graduar, etc na escolas Teológicas, Cursos, Seminários e afins, precisamos desenvolver os talentos enterrados e escondidos de compositores e arranjadores dentro das nossas igrejas.

Ah... como somos carentes disto pastor... como precisamos de apoio nesta área, a área musical... Creio que Deus está disposto a nos entregar o melhor da area musical, dos conhecimentos, das técnicas, e da pureza do seu Louvor, para assim o Louvarmos e Adorarmos verdadeiramente em Espírito e em Verdade, mas é necessário que a liderança também se atente a isto, volte seus olhos a música na igreja, e invista neste ministério.

Por vezes sinto a area musical tratada como algo necessário, porém não essencial, um complemento e não uma parte do culto que ofertamos a Deus, o que contraria a própria palavra de Deus.

Lembra da Televisão? que outrora era um dos maiores pecados que um crente poderia ter... alguns guardavam em seus quartos, dentro de um guarda-roupas para se um crente o visitasse não contemplasse "tamanho crime"... lembra... então, guardadas as devidas proporções, em algumas igrejas vemos o rebelde que toca guitarra, ou o barulhento baterista sendo tratado como "comum herege", que nada tem de crente e só irrita com seus barulhos quase infernais...
Hoje vemos pastores pregando na Televisão, entendendo e procurando utilizar esse meio tão anteriormente banalizado, quem dera possamos ver a área musical mudando de cenário, e quem sabe ainda, possamos lançar em nossa igreja Cds e Dvds de Louvores, Musicais e Cantatas, de direitos autorais próprios e totalmente autorizados no que se refere a reprodução. Taí um jeito bom de mostrar para a CCLI que o trabalho para o Senhor Jesus não deve ser cobrado, e sim divulgado.

O que quero dizer é que sempre é mais fácil crucificar, do que entender, esclarecer e tratar.

querido amigo, muito bom tê-lo por perto, mesmo que apenas pelo virtual... sentimos muito sua falta, falo por mim, minha família, e algumas dezenas de centenas aqui da terra da garoa.
Um grande abraço.
Lembranças a família.

Unknown disse...

Caro Pr. Anselmo,

A Paz do Senhor!

Muito clara a sua posição e sua autoridade no assunto.

Obrigado por cooperar aqui no debate.

Forte Abraço.
No Amor de Cristo.

Geser Dominicale disse...

Caros pastores, Anselmo e Guedes!
Agradeço pelas excelentes respostas e argumentos, vocês discerniram o "espírito da coisa" e estão corretos. Não tive a intenção de misturar política e muito menos defender a CCLI por haver pecados maiores nas igrejas.
A paz do Senhor e abraços.

Pr. Anselmo Melo disse...

Ok meu irmão Geser.
Que Deus continue nos orientando.
Paz!

Anônimo disse...

VERGONHA ISSO. DEMONSTRA COMO ESSES HOMENS ESTÃO GANÂNCIOSOS, TUDO AGORA É VOLTADO AO CAPITAL. INFELIZMENTE O POVO NÃO SABE BEM DISCENIR O BOME AGRADAVEL LOUVOR E OS QUE LOUVAM POR AMOR,CLARO QUE ELES PRECISAM DE RECURSOS, MAS O QUE ESTÁ POR TRÁS DISSO, É MUITO ALÉM. OBSERVANDO ESSE INFORMATIVO, LOGO PERCEBI QUE UM DOS QUE ALI ESTÃO, É LIGADO A UMA GRAVADORA EVANGELICA DE UM PASTOR RENOMADO NO BRASIL E POLEMICO. EM OUTRA LISTA DE CANTORES QUE VI NESTE MSM BLOG, JÁ IMAGINAVA QUE MUITOS CANTORES ESTIVESSEM, É BOM QUE O POVO ANALISE BEM QUEM SÃO ESSES CANTORES, MUITOSESTÃO ENVOLVIDOS COM MAÇONARIA, ESTÃO A SERVIÇO DE QUEM MESMO? VAI ENGANAR A OUTRO...PARABENS PASTOR GUEDES PELA CORAGEM.