segunda-feira, 22 de novembro de 2010

HOMOFOBIA? - RIDÍCULA A CRÍTICA DE BARBARA GANCIA E MARCELO TAS CONTRA O REVERENDO NICODEMUS




bARBARA GANCIA, COLUNISTA DA FOLHA DE SÃO PAULO, E MARCELO TAS, APRESENTADOR DO PROGRAMA CQC, CRITICARAM A AÇÃO DA IGREJA PRESBITERIANA EM PUBLICAR TEXTO CONTRA A LEI QUE TRATA DA HOMOFOBIA. OS ARGUMENTOS USADOS PELA COLUNISTA, EMBORA NÃO IGNORE SUA INTELIGÊNCIA E CAPACIDADE ENQUANTO JORNALISTA E ARTICULISTA, SÃO DE DAR DÓ, POSTO QUE ESTÃO DESPROVIDOS DE UMA ANÁLISE TEOLÓGICA, UMA VEZ QUE A QUESTÃO PARTIU DE UMA ENTIDADE RELIGIOSA, E DESPROVIDA DE UMA ANÁLISE SÓCIO-CULTURAL, HAJA VISTA TRATAR-SE DE QUESTÃO QUE URGE EM NOSSA SOCIEDADE. DECIDIDA A RIDICULARIZAR A IGREJA E O REVERENDO, BÁRBARA COMPARA A ESCOLHA ENTRE AZUL OU AMARELO, BRÓCOLIS OU ALCAPARRAS, COM O QUE ELES CHAMAM DE OPÇÃO SEXUAL. FAZ ALUSÃO À CRUCIFICAÇÃO E AO HITLERISMO, COMO  SE FOSSE ESSA A REALIDADE DAS MINORIAS AQUI NO BRASIL. ORA, UMA LEI QUE PRETENDE IR CONTRA O PRECONCEITO, NÃO PODE RESTRINGIR OUTRO DIREITO: O DIREITO DE LIBERDADE DE EXPRESSÃO. QUEM QUISER QUE CASE-SE COM QUEM QUISER: HOMEM COM HOMEM E MULHER COM MULHER, MAS NÓS TEMOS O DIREITO SIM DE CITAR AS ESCRITURAS E DIZER QUE ISSO É ERRADO, É PECADO E QUE ISSO NÃO É HOMOFOBIA E NEM INCITA A VIOLÊNCIA CONTRA OS GAYS. E MAIS: A UNIVERSIDADE MARCKENZIE, O REVERENDO NICODEMUS E TODOS NÓS EVANGÉLICOS OU NÃO, TEMOS O DIREITO DE NOS POSICIONAR CONTRA OU A FAVOR, MAS O QUE VEMOS É QUE QUANDO ALGUÉM, PRINCIPALMENTE EVANGÉLICO, TOMA POSIÇÃO, DESENCADEIA UMA VERDADEIRA AVALANCHE DE PERSEGUIÇÃO ÀS IGREJAS DISFARÇADA DE INTELECTUALIDADE. ABAIXO O TEXTO DO BLOG DO APRESENTADOR PARABENIZANDO A COLUNISTA:
Antes de tudo, é bom lembrar: já estamos no século 21. Já é hora de perceber que todos temos direito a uma vida plena de prazer, afeto e respeito, inclusive pela decisão absolutamente individual de opção sexual.
A coluna de Barbara Gancia, publicada hoje na Folha de S. Paulo merece ser lida e guardada. Consegue tocar no assunto da homossexualidade, e toda a violência e incompreensão que uma simples opção sexual individual gera, com simplicidade, afeto e respeito à inteligência de todos.
Congratulations, minha cara!
..::..
O SAMBA DO NICODEMUS
Barbara Gancia
Folha de S. Paulo, 19/11/2010

DIGAMOS QUE VOCÊ goste mais de azul que de cor de laranja. Ou que, dentre todas as verduras, nutra uma predileção especial pelo brócolis. Ou, ainda, que simpatize mais com o poodle do que com o weimaraner. Agora digamos que alguém decida isolar este tipo de característica e usar apenas essa única informação para defini-lo como ser humano.
De repente, em vez de ser, quem sabe, loiro ou moreno, carioca ou paulista, “baby boomer” ou membro da “Geração X”, extrovertido ou travado, torcedor do Bangu ou do Santos, colecionador de selos ou de fracassos sentimentais, enfim, em vez de ser tantas coisas ao mesmo tempo na sua infinita complexidade, imagine se você fosse apenas alguém que gosta de brócolis? ”Lá vai fulano”, diriam. “Ouvi dizer que gosta de brócolis”. Não seria um reducionismo perverso? Sujeito é um virtuoso do cello, o outro está trabalhando para desvendar o genoma humano e o pessoal interessado num único atributo: “O que será que ele faz com o brócolis entre quatro paredes?”
Ao longo da semana, a Universidade Mackenzie retirou de seu site, sob protestos, um manifesto contra o projeto de lei que pretende criminalizar a homofobia. Assinado pelo reverendo Augustus Nicodemus Gomes Lopes, o texto diz coisas assim: “As Escrituras Sagradas ensinam que Deus criou a humanidade com uma diferenciação sexual (homem e mulher) e com propósitos heterossexuais específicos (…) A Igreja Presbiteriana do Brasil manifesta-se contra a aprovação da chamada lei da homofobia por entender que ensinar e pregar contra a prática do homossexualismo não é homofobia, por entender que uma lei dessa natureza maximiza direitos a um determinado grupo de cidadãos, ao mesmo tempo em que minimiza, atrofia e falece direitos e princípios já determinados principalmente pela Carta Magna. E por entender que tal lei interfere diretamente na liberdade e na missão das igrejas de todas orientações de falarem sobre o comportamento ético de todos, inclusive dos homossexuais.”

Será que pregar contra aqueles que gostam de brócolis é simples exercício da liberdade de expressão? E nascer gostando de brócolis seria “opção leguminosa?” O reverendo Nicodemus quer que a Igreja mantenha intacto o direito de criticar a homossexualidade. Entendo o ponto de vista, afinal, a condenação a uma minoria ajuda a manter o rebanho forte e unido. Mas, dá para fazer melhor. Olha só a ideia genial que eu acabo de ter: já que os gays cansaram de apanhar, deram para se organizar e conquistaram inclusive o poder de pressionar para ver criadas leis que os protejam na marra, sugiro que se passe a discriminar um novo grupo.
Alô, reverendo Nicodemus! Os judeus a gente descarta de cara. Crucificação e Hitler ainda estão muito frescos na memória, não é mesmo? Que tal partir para uma coisa mais dissimulada, que o povo encontre em todo lugar, mas que seja uma minoria mesmo assim? E como brócolis também é manjado e muita gente gosta, pensei nas pessoas que apreciam as alcaparras. Veja se o discurso encaixa: “A alcaparra em si é uma criação divina, mas desejar a alcaparra é ceder à tentação, é usar o corpo para propósitos outros do que aqueles que o Senhor entendeu para nós”. Não dá o maior samba, Nicodemus?
VAMOS ACORDAR! EU DISSE EM ARTIGOS ANTERIORES QUE A DISCUSSÃO SOBRE ESSE ASSUNTO NÃO IA TERMINAR COM A ELEIÇÃO DA DILMA! NÃO PODEMOS ODIAR OS HOMOSSEXUAIS, MAS TAMBÉM NÃO PODEMOS DEIXAR QUE FALEM CONTRA A POSTURA DA IGREJA E FICARMOS CALADOS. DEVEMOS DEFENDER O NOSSO DIREITO DE EXPRESSÃO RELIGIOSA SEM TOLHER OS DOS OUTROS. QUEM QUISER QUE CASE-SE COM QUEM QUISER E QUEM QUISER SER IGREJA, QUE TENHA O DIREITO DE SÊ-LO INTEGRALMENTE E COM LIBERDADE, INCLUSIVE DE EXPRESSÃO!

26 comentários:

Weslei Cardozo disse...

A paz do Senhor pr. Guedes. Realmente está ficando cada dia pior. Agora ao expressarmos nossa opinião já virou homofobia. Temos que orar e lutar contra isso. Um abraço.

Pastor Guedes disse...

Prezado Amigo e Pr. Wesley,

A Paz do Senhor!

De fato, as coisas estão ficando feias! As "celebridades" e os agentes da mídia são apaixonados pela causa gay. A Igreja, por sua vez, parece ser o inimigo número um dessa gente. Mas, sabemos por que motivos nos odeia: falamos a verdade e a verdade dói, maltrata, machuca suas consciências. Quantos deles são filhos de pais evangélicos (sabia?) e hoje, afastados de Deus, sofrem e agonizam contra a verdade. Porém, há um versículo na Bíblia que diz que ninguém pode nada contra a verdade, senão pela verdade.

Abraço.
No Amor de Cristo!

ROBSON SILVA disse...

Prezado amigo. Nobre pastor. Graça e Paz em Cristo Jesus.

É compreensível – embora inaceitável – que personagens como Bárbara, Tas, Jô e outros comunicadores "escancaradamente simpatizantes" do movimento GLBTT se articulem em torno da triste – sim, mui triste – notícia de violência praticada contra alguns jovens – se duvidosa ou declaradamente gays; não sei –, a fim de, ridicularizar e, pior, atentar de forma deplorável contra a liberdade de expressão e fé religiosa do cidadão cristão: direito constitucional da nação brasileira. Um oportuno pretexto!

Fossem aqueles jovens “heterossexuais” cristãos, muçulmanos, judeus ou mesmo ateus a violência seria diferente, ou menor? Creio que não. E não estão os direitos contra os tais atos de violência – física ou moral – já tutelados pelo nosso ordenamento jurídico, a despeito da orientação sexual de cada cidadão? Penso que sim... Aliás, tenho certeza que sim. (Vide art.186 e sgs, art. 927, do CC/2002; art. 121 e sgs, 129, do CP; dentre outros tantos).

E não são estes mesmos os apresentadores e jornalistas que outrora esbravejavam pelas ruas da cidade com "caras de boneco" em defesa da liberdade de imprensa, tendo por estandarte a mesma Carta Magna ora “escrachada”?

É triste, meu amigo. Mas o que vemos acontecer é, na verdade, um verdadeiro simulacro de defesa da liberdade (para não dizer libertinagem) e do reconhecimento da hipossuficiência (sic) de uma classe que se preza por zombetear e tripudiar sobre os justos, inalienáveis, indisponíveis, inegociáveis, intangíveis direitos de toda uma sociedade.

Que o Senhor tenha compaixão dessas vidas, e das nossas também!

Em Cristo,

Robson Silva
Prossigo para o Alvo... Fp. 3:14

Cláudio Nunes Horácio disse...

Pr. Guedes, "Satanás não se divide contra Satanás", ele inspira tanto a perversão sexual homossexual, quanto a perversão da imprensa que é tendenciosa.
Nós é que nos dividimos por acharmos que agora provamos do fruto do conhecimento do bem e do mal e portanto julgamos ter o conhecimento, sem no entanto discernir o essencial: A UNIDADE.
"a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste."
Graça, paz e bem.

Pastor Guedes disse...

Caro Robson,

A Paz do Senhor!

Nesse artigo tinha a intenção de fazer menção da sua (da nossa indignação) contra essas coisas todas, inclusive a "nossa" covardia evangélica de recuar frente às pressões externas, quando a lei nos garante o direito de expressão (pelo menos ainda garante), porém, optei por lhe deixar fora dessa. Cheguei mesmo a escrever, mas na última hora retirei o parágrafo com o seu nome.

Amigo, não tenho esperança de que a coisa melhore, mas isso não me dá o direito de ficar calado. Quando Paulo chegou em Corinto, o Senhor lhe disse: "Não temas, mas fala e não te cales, porque tenho muita gente nessa cidade" (tradução livre).

Em tempo. Postei um comentário no blog do Tas, se quiser dar uma olhada e deixar o seu também, seria bom.

Abraço.
No Amor de Cristo!

Pastor Guedes disse...

Caro Cláudio,

A Paz! (É assim que você se saúdam no Caminho? - risos)

Seu comentário me fez lembrar de I João "...o mundo inteiro jaz no Maligno".

Abraço.
No Amor de Cristo!

Cláudio Nunes Horácio disse...

Caro Pr. Guedes, saúde e paz! kkk
Na verdade não temos padrão algum.
Seu texto é excelente e verdadeiro.
Nele que nos faz luz e sal.

Pastor Guedes disse...

Caro Cláudio,

Paz e graça, Paz e Bem, Paz e Saúde, Paz do Senhor, Paz de Deus!

O que importa é a Paz não é?kkk

Obrigado por suas palavras.

É sempre bom ter você aqui. Entro no SUSTO DE AMOR toda hora, mas não deixo comentário...Estou em dívida com você!

Abraço.
No Amor de Cristo!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo Pr. Guedes1

A Paz do Senhor,
A Paz de Deus,
Graça e Paz,
Paz e Saúde! (assim não fico devendo nada, para o amado e nem para os demais leitores) rsrs

Parabéns pela lucidez da sua postagem!
Não creio que possamos mudar algo, no entanto, a igreja deve se posicionar.
Não nos calemos!

Um grande abraço!

pr. Carlos Roberto

Pastor Guedes disse...

Caro Irmão e Amigo Pr. Carlos,

(O amado é assembleiano, kkkk)A Paz do Senhor!

O Carlos é do Caminho da Graça.

Concordo com o irmão. Precisamos tomar uma posição. Se a tal perseguição contra os cristãos brasileiros tiver que vir, que venha.

Temos que tomar uma posição. Por isso fico indignado (eu e o Robson do Prossigo Para o Alvo) pelo fato de a Universidade Mackenzie retirar o tal artigo de seu site.

Abraço.
No Amor de Cristo!

André disse...

Pastor Guedes a paz do Senhor! De fato estamos vivendo dias dificieis... Estava ministrando neste domingo na EBD e mencionei aos Jovens o dizer de um pregador muito querido: "Estamos a viver os dias onde se mostrarão os verdadeiros cristãos"... Aqueles que realmente defenderão as Sagradas Escrituras... Que Deus continue nos dando forças! Fique com Deus!!!

Pastor Guedes disse...

Prezado André,

Grato por sua visita e comentário.

Sim, concordo. Nesses últimos dias teremos que mostrar ao mundo quem são e quem não são os verdadeiros cristãos.

Que Deus lhe abençoe.

Abraço.
No Amor de Cristo!

disse...

Pr. Guedes esta difícil de falar aqui na Blogosfera nos blogs de alguns o senhor acredita que já fui xingada por isso?? e sou perseguida também por causa disso, rsrs
eu mereço, bom acho que aqui eu posso me pronunciar contra. rsrs
Mas só a graça. Paz!

Pastor Guedes disse...

Rô,

Aqui você tem a palavra assegurada, fique tranquila.

Mas, em uma das vezes que postei sobre esse assunto, entrou um monte de gente me chamando de homofóbico, fanático, retrógrado e outros adjetivos que não são lícitos de serem mencionados.

Deus lhe abençoe.

Paz!

ROBSON SILVA disse...

Paz, meu amigo!

Acordado ainda uma hora dessas???

Certamente deve estar preparando coisa boa e fresquinha para o leitor, não é mesmo?!

Tenha uma boa noite de sono e não se esqueça de nos apresentar nas mãos do Papai do céu...

Amanhã tenho um dia corrido.

Abraço!

Em Cristo,

Robson Silva

disse...

Também nem posso falar do que fui chamada, mas é pesado, no meu blog então, foi o que mais ouvi, é muito abuso desta gente. Paz!

Pastor Guedes disse...

Robson,

Acabei de chegar de um compromisso. Cheguei tarde e tenho que colocar algumas coisas em ordem.

Você postou comentário lá no Blog do Marcelo Tas?

Abraço.

Pastor Guedes disse...

Rô,

Infelizmente, esse povo não tem temor de Deus, é radical e muito mal educado. Entra em nossos blogs para falar bobagens em tom de ameaças com agressividades.

Eu não entro no blog deles para deixar o meu repúdio e indignação...

Paz!

ROBSON SILVA disse...

Paz, nobre amigo.

Postei um comentário lá no blog do Tas sim... Coincidentemente meu comentário é o de número 24 (rssss) e deve estar bem acima do teu (eu acho)...

Pelo menos ele permite o espaço aberto para a discussão...

Abraço.

Robson Silva

Pastor Guedes disse...

Robson,

Você foi o número 24? rsrsrsrs

É melhor pensar em Apocalipse 4 e 5 - A visão do Céu por dentro e a descrição dos 24 anciãos assentados em 24 tronos.

Amigo, abraço.
No Amor de Cristo!

Alberto Couto Filho disse...

Pr Guedes

Quero apenas registrar a minha indignação.

A paz

Pastor Guedes disse...

Caro Amigo Alberto

Está dado o seu recado.

Não gosto quando você economiza palavras. Parece que está de mau humor.

Abraço.
No Amor de Cristo!

opoderdasescrituras disse...

Meu Pastor Guedes, a paz inextinguível de Jesus seja com o senhor!!

Andei sumido, mas eis me de volta!! Correria e mais Correria!! Em relação ao artigo, já disse tudo!! Tô contigo e não abro!!

Aquele abraço do irmão menor!!

em Cristo,


Pr Alex.

Pastor Guedes disse...

Caro Pr. Alex,

Que bom que você voltou, já estava com saudades.

Seja bem, vindo de volta!

Forte Abraço.
No Amor de Cristo!

Juan disse...

Bueno querido Pastor Guedes ¿ Qué puedo decir sobre este asunto ?
A partir de ahora comenzará a ser delito decir el color que tiene cada cosa, o persona, pues si hablar en contra de la homosexualidad es delito, decir el color que cada cosa tiene también lo será. Decir negro a lo negro es racismo y blanco a lo blanco también lo es, depende de qué en qué país se diga y con qué intención; asi pues, para acabar con esta cuestión, seremos a partir de ahora todos morados. Morados claro y morados oscuro, con tonos intermedios para los diferentes tipos de claridad u oscuridad de piel. Así se acabará la polémica.
Creo que el hombre es hombre y la mujer, mujer, y que su condición o inclinación sexul, sólo interesa a aquellos que quieren hacerla notar por alguna razón concreta. ¿ Es que somos hombres o mujeres por nuestro sexo (hombre o mujer), o acaso lo somos por nuestra inclinación sexual ? Creo que va ligado intima y profundamente con la denominación que Dios nos puso desde el principio, en el momento en que nos creó, y fue " hombre y mujer " que a la vez, también va plenamente ligado a la sexualidad de cada grupo perfectamente diferenciado entre sí, uno del otro. Los cambios que se hayan podido suceder a lo largo del tiempo, o que hayan podido afectar e influir sobre la condición original que Dios nos dió a todos, no son culpa suya, ni del resto de la humanidad tampoco. Quién sea de una condición u otra, sexualmente hablando, debe saber que a Dios no le agrada en absoluto, pero cada cual y cada quién, es perfectamente libre para escoger su condición sexual y al DIos que quieren servir, libremente. Claro está que la homosexualidad es condenada por Dios como práctica u hecho, pero no la persona, sino lo que hace. Dios nos ama a todos por igual. ¿ Quieres servirle y seguirle de verdad ? Pues el lo hará posible, pero deberás renunciar a esta condición antiinatural.

Pastor Guedes disse...

Querido Irmão Juan,

Paz do Senhor!

Entendo perfeitamente seu espanhol e estou de acordo de que quem quiser que faça o que quiser e use sua liberdade desde que não interfira na liberdade alheia. Aqui no Brasil, além de se tentar legalizar a situação dos homossexuais, ainda pretendem que ninguém toque neles. Assim, falar contra um homossexual será crime passivo de prisão por 5 anos.

A lei que se pretende votar aprova o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Porém, também transforma em crime toda e qualquer palavra contra o homossexualismo. Há um protecionismo exagerado para o que eles chamam de minoria, mas entra em conflito com os direitos dos outros cidadãos.

Sim, sem dúvida, no princípio Deus criou homem e mulher, mas essa sociedade anti-Deus e anticristã, com seus valores distorcidos e deturpados criou a terceira via ou terceiro sexo. Absurdo! Cremos que Deus ama o pecador e por isso não podemos odiar os homossexuais, mas detestamos a prática do homossexualismo.

Suas palavras foram sábias e estou apreciando muitíssimo nosso intercâmbio.

Dios le bendiga hermano.

Paz!